Circo de uma Justiça

 

Eu não nutro a menor simpatia pelo político José Dirceu. Tenho restrições a sua tal trajetória; tenho dúvidas sobre seus projetos pessoais e históricos. Acredito que, em um julgamento verdadeiramente íntegro e consistente sobre sua atuação e manutenção do poder, algumas lições importantes de moral poderiam ser aprendidas, algumas ações sérias poderiam ser tomadas, medidas históricas poderiam ter sido encaminhadas.

Mas esse circo do STF nunca foi um julgamento de verdade, não é mesmo? Nunca houve a intenção de possibilidades alternativas, não é? Nunca deixou de ser somente e absolutamente um reles instrumento de politicalha baixa e rasteira.

Fico pensando em quanto tempo demorará para que se perceba o tamanho das forçações de barra, das bizarrices jurídicas, dos absurdos de lógica. E não nos enganemos: a porteira foi aberta, a hipocrisia ficou escancarada.

Daqui pra frente, a tendência é de queda livre. Pois, o salto foi dado.

Explore posts in the same categories: Desconcertos

Tags: , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s