Person of No Interest

Já tinham me dado o toque de que ‘Person of Interest’ não correspondeu à boa expectativa inicial. E comprovei, infelizmente, que é verdade. A irregularidade dos roteiros aumentou de forma abrupta, os casos ainda bem conduzidos, mas suas conclusões são péssimas. E, mesmo assim, eu ainda aguentaria. No entanto, a introdução (desde já!) de um misterioso supergênio do mal que vai resvalar de modo constante nas atividades da dupla principal me brochou. Que balde de água fria.

É definitivo: este ano de 2011 proporcionou uma das piores aberturas de temporada de seriados que tenho recordação. Impressionante.

 

 

Explore posts in the same categories: Sem categoria

Tags: ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s