Confrarias, Ventos, Trapiches, Aliás: revistas literárias no ar

confraria23

Vida inteligente na net, literatura produzida, discutida e apreciada com visões profundas e muito bem escritas, além de belos projetos gráficos.

 

CONFRARIA DO VENTO

NÚMERO 23 

CHACAL, Jaime Sáenz, Cândio Rolim, Ricardo Corona, Robert e Shana Parkeharrison, Nilson Oliveira, Alan Mills, Eduardo Galhardo, Jorge Bucksdricker, Anna Carolina da Costa Avelheda, Clodie Vasli, Raphael Vidal, Aderaldo Luciano, Clóvis Bulcão, Marcos Motta, Guilherme Zarvos, Luís Serguilha, Paloma Vidal, Ronaldo Ferrito, Victos Paes

www.revistaconfraria.com

revista bimestral de arte e literatura

“NOVIDADES

novos colunistas

Nesta edição da Confraria, estréiam dois novos colunistas: o professor, historiador e romancista Clóvis Bulcão e o poeta e crítico português Luís Serguilha. Na próxima edição, juntam-se também a nós João Gilberto Noll, Joel Rufino dos Santos e Sônia Rodrigues.

confraria no jornal o estado de minas

No suplemento Pensar, do Jornal Estado de Minas, matéria sobre a Confraria do Vento e entrevista com um de seus editores. Leia aqui.

polyphonic baobab embolada na tv brasil

A TV Brasil fez uma matéria sobre a poesia de Moçambique, na qual mostrou a performance The Polyphonic Baobab Embolada, promovida pela Confraria do Vento no teatro Sergio Porto. Assistaaqui.

zonas de exclusão: outros subúrbios

A Confraria do Vento organiza para janeiro, o evento Zonas de exclusão: outros subúrbios, que tem como foco a discussão e a proposta de novos olhares sobre a produção cultural e literária do subúrbio, através do questionamento de como esta produção é vista e como se vê perante preconceitos, estereotipagens e outras exclusões. Entre os debatedores: Joel Rufino dos Santos, Paulo Lins, Julio Ludemir, Berimba de Jesus, Paulo Scott, João Carlos Rodrigues. Aguardem mais informações.

confraria nota A no qualis

A Confraria acaba de receber conceito “A” como revista filosófica na prestigiada e rigorosa classificação Qualis, mantida pela Capes. Como isso aconteceu é um verdadeiro mistério para nós, pois transgredimos 90% das regras impostas pelo órgão, sobretudo a de formatação acadêmica. Por outro lado, fomos classificados como revista de circulação local, sendo que a Confraria é revista eletrônica com média de 150 mil acessos por edição, dos quais 30% provêm de fora do Brasil (índice encabeçado por Portugal, França, EUA e Cazaquistão). Vai entender esse mundo!”

trapiches21

Beatriz Bajo dá o toque: ” TRAPICHES 2 no ar, confiram:

www.trapiches.com.br 

projeto macabéa:  http://projetomacabea.wordpress.com/

 – – – —————————

alias_logo

 

ALIÁS, capitaneada pela poeta Elaine Pauvolid, começou como uma newsletter dirigida para o outloook de assinantes, tornou-se site e blog da autora, e agora rodeada de uma equipe de articulistas, escritores e poetas, tornou-se uma autêntica revista eletrônica de literatura e cultura. E ainda está-se em processo, como diz a própria Eliane em seu editorial de abertura:

“Desta vez a grande notícia é a revista. Mas será que algum dia foi diferente? Talvez. Para quem acompanha já não era sem tempo de tranformar Aliás, revista eletrônica de cultura em Aliás, revista eletrônica de cultura de verdade. Explico, transformar a revista em revista mesmo, com conselho editorial, colaboradores fixos… É o que está sendo feito.

 Você, meu leitor querido, verá que aparecem no canto esquerdo os colaboradores Henrique Cairus, Márcio Catunda, Paula Cajaty, Marcelo Scanzani, Paulo Avelino, Thiago Amud, Eugenia Gay, Paulo Hamilton, José Maria Dias da Cruz  (nota de Claudinei: e acabou de agregar-se o meu querido amigo e grande escritor, Mariel Reis, pura prova de qualidade dessa revista); os botões : poemas, ensaios, contos, resenhas, artes plásticas, crônicas e dicas culturais.

 Um agradecimento especial vai para a poeta e escritora Paula Cajaty (Afrodite em verso, 7 Letras, 2008), a moça das newslellers mais simpáticas da web. As newsletters que se lêem. Toda sua força e criatividade vieram dar a esta revista uma vida especial. Agradecimento especial vai também para seu marido Marcel que tem me auxiliado de forma ímpar e generosa na parte de informática. Aliás, na minha humilde opinião, já existe um novo idioma entre nós, o webês. Quem não sabe um mínimo de webês não tem vez!

 Aliás, a revista vai mudar, sim, mas espero conseguir manter a leveza e o humor que cativaram o leitor lá em 2000, quando aliás era mandado em formato HML pelo outlook. Seu espaço era a caixa de texto do e-mail… Alguém lembra disso? Pois eu me lembro bem!

 As mudanças não vão ficar por aqui. Ah, isso não… Mas não vamos estragar surpresas. Aproveitem e interajam. Aliás, é para isso que estamos aqui!

 Elaine Pauvolid, Editora

http://www.aliasrevista.net/

Explore posts in the same categories: Desconcertos

Tags: ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

One Comment em “Confrarias, Ventos, Trapiches, Aliás: revistas literárias no ar”


  1. querido claudinei, com alegria li a notícia de Aliás!
    Que beleza! Sim, o Mariel está em Aliás e vai engrandecer bastante a revista.
    beijos

    Curtir


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s