Liniers y otras tiras

E Liniers, quem diria, finalmente vai ser publicado no Brasil. Eu já estava achando que ia durar mais uns vinte anos, por aí, ou até quando ele morrese (o que viesse antes). Durante bastante tempo, várias editoras se interessaram, mas nenhuma chegou a trazê-lo (sei lá por qual motivo, fico quieto). São tiras densas, inteligentes, diferentes, a maior parte melancólicas, de um humor entranhado, estranhado, publicadas pelo jornal La Nacion, e encadernadas em livros, uma vez por ano. Seres humanos e bichos se misturam e se relacionam, e o próprio Liniers também aparece nas tiras, se auto-retratando como um coelho de orelhas gigantes, de óculos e gravata. Super popular na Argentina, virá para nossas terras pelas mãos da editora alternativa Zarabatana. Viva! Dá para ter uma idéia do seu trabalho no seu blog (http://autoliniers.blogspot.com/), de onde pincei estes exemplos.

(clique nas ilustrações para aumentá-las)

 

 

 

——————————————-

E aí deu vontade de postar umas outras tiras que têm me divertido pela net. Sem critério ou planejamento, só para aproveitar o ensejo, pois algumas já faz tempo estou querendo postar.

Seguindo a ordem: do Laerte tenho mais algumas que farei questão de postá-las, inclusive uma que me é muito cara ao coração, mas disso falarei depois. do André Dahmer e seu impressionante trabalho dos Malvados é uma dificuldade tremenda escolher somente uma, a cada dia ele posta uma diferente no seu blog e acabou de lançar livro com uma pequena seleção dos seus Malvados. Dos Irmãos Brain, cara, eu só conheci meia-hora antes de decidir fazer este post!, nem vi direito o blog, parece ter outras coisas interessantes também. Dos blogs, todos os links estão aí ao lado, é só ficar à vontade.

Anúncios
Explore posts in the same categories: Sem categoria

Tags:

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

3 Comentários em “Liniers y otras tiras”


  1. Não consegui. Fiz o cadastro no sítio, depois não consegui acessá-lo nem me recadastrar, e desisti por enquanto. Vou tentar novamente. Abraço.

    Curtir

  2. desconcertos Says:

    Conheça sim, Rogério, o Liniers vale Muito a pena. e opa valeu a lembrança, eu tava esquecendo de linkar o Salimena! Você já viu a hq que ele produziu para a mojo books?

    Curtir


  3. Claudinei,

    Não conheço essa cara aí. Vai ser a oportunidade.
    Gosto pra caramba do Dahmer, mas o Laerte é imbatível aqui pra mim. Lá de fora, acho que é o Bill Watterson.
    Já viu o glo “Linha de Trem”? Do Salimena?
    Abraço.

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s